SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

A mãe de todas as batalhas

2 de fevereiro de 2018
JOT-821_capa

No próximo período, a luta para impedir que prossiga a tragédia nacional – com os ataques aos direitos dos trabalhadores, à democracia e à soberania – tem uma tarefa central.

Com a confirmação e ampliação da con­denação de Lula, o TRF4 subiu mais um degrau na escalada do capital financeiro, através das podres instituições com as quais conta no Brasil, para impedir Lula de ser candidato. Isto não vai parar, pois os inte­resses imperialistas se sentem ameaçados pela existência de uma candidatura na qual as amplas massas trabalhadoras depositam suas esperanças.

A preferência de Lula nas pesquisas, mes­mo após o julgamento no TRF4, a adesão nas Caravanas, que devem ser retomadas, indica que o povo trabalhador se agarra à saída política que vê como palpável, para dar um basta na destruição golpista. É o que os patrocinadores do golpe não podem to­lerar, numa situação mundial na qual, para a sobrevivência do sistema da propriedade privada dos grandes meios de produção, os capitalistas precisam reduzir o custo do trabalho avançando contra os direitos trabalhistas e na apropriação das riquezas nacionais.

No Brasil, precisam aniquilar a possibilida­de de que a maioria oprimida possa resistir, para aplicarem a contrarreforma trabalhista, para garantir a aprovação da contrarreforma da Previdência e liberar recursos para a espe­culação financeira, e para garantir a entrega das nossas riquezas. Precisam aniquilar a possibilidade de que Lula, uma vez eleito, recupere os recursos do Pré-Sal entregue às petrolíferas estrangeiras; recupere o inves­timento nos serviços públicos, como saúde e educação, esmagados pela PEC do teto de gastos; devolva os direitos roubados com a contrarreforma trabalhista. E mais, avance em reformas estruturais, como a Reforma Agrária, desmilitarize as PMs que promo­vem violência contra o povo, e rompa o torniquete da dívida que beneficia o capital especulativo. Enfim, que um governo Lula, com Constituinte, faça frente à ofensiva do imperialismo contra o povo brasileiro.

A defesa do direito de Lula ser candidato é uma tarefa de todos que defendem a democracia, independente do voto que irão dar em outubro. Pois Eleição sem Lula é Fraude!

Com esta palavra de ordem, a tarefa é multiplicar amplos Comitês em defesa da Democracia e da Candidatura de Lula. Comitês que nas próximas semanas devem abraçar a mobilização contra a votação da contrarreforma da Previdência.

Mas, afinal, o que está em jogo é Lula ser candidato para permitir à maioria do povo expulsar os golpistas do poder.

Daí que, de nossa parte, dizemos: é Lula desde o 1º turno!

O que é uma instigação à campanha e um desafio ao STF, cujo prazo legal para tentar impedir Lula é posterior ao 1o turno.

É, também, uma pedra sobre a especulação do “plano B” no PT e, ainda, uma questão ao PCdoB, PDT e PSOL. Manuela, Ciro e Boulos são pré-candidatos por suas razões – garantir o coeficiente que garanta fundo partidário próprio, disputar o espólio de Lula ou fazer propaganda alternativa – que não correspon­dem ao interesse maior do povo.

Uma vez mais, tudo, toda energia mi­litante, todo esforço material, sem outra consideração, devem ser colocados por todo trabalhador e jovem consciente ou sim­plesmente informado, a serviço do direito de candidatura de Lula, de sua eleição e da garantia da sua posse!



Outras publicações

29 de março de 2018

No fechamento desta edição ocorria o ato de encerramento da Caravana Sul, Lula Pelo Brasil, em Curitiba. Esta caravana, em particular, foi um con­centrado da grave situação no país e o meio de revertê-la. A ação de milícias armadas, organizadas por ruralistas, eleitores de Bolsonaro e o Movimento Brasil Livre para tentar impedir o percurso […]


15 de março de 2018

A partir do dia 26 de março, quando o Tribunal Regional Federal (TRF4) deve julgar os embargos declaratórios, será dada a senha para que as podres instituições façam de Lula um prisioneiro político. As forças reacionárias se conjugam para esmagar a democracia e desativar o que para elas é uma bomba relógio contra seus planos […]


2 de março de 2018

Antes de consumar o fracasso no que era a joia da coroa para o golpe, a contrar­reforma da Previdência, Temer abriu uma nova frente, num processo de militarização no país. É certo que pode até haver lampejos eleitoreiros, mas seria um engano achar que foi uma jogada de marketing para ganhar popularidade. A intervenção no […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -