SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

A prova está feita!

31 de agosto de 2017
JOT-813_capa

Lula do PT é o ponto de apoio para a maioria oprimida

Com a caravana de Lula pelo Nordeste iniciada no dia 17, ainda em curso no fechamento dessa edição, o que se viu até aqui é um sinal inequívoco.

Num país posto à venda pelos golpistas; num país onde as garantias trabalhistas estão sendo jogadas no lixo, a educação pública, os serviços e servidores públicos estão sendo bombardeados; num país onde o Judiciário, bem nutrido e bem vestido com salários nababescos, persegue, sem disfarce, a meta de aniquilar as organizações dos trabalhadores, a começar pelo PT; neste país, a maioria opri­mida está disposta a colocar um basta neste descalabro. E, para isso, sabe onde se apoiar.

A adesão organizada, e sobretudo, espon­tânea, à Caravana de Lula pelo Nordeste escancara, sem deixar sombra de dúvida, o que já estava latente.

A massa trabalhadora, apesar de golpeada em suas conquistas e no seu direito soberano de voto, persegue na via da resistência e da luta. E, para isso, sabe que caminho seguir.

Durante as atividades da caravana, as saudações a Lula vieram acompanhadas de uníssonos “Fora Temer” ou “Eleição sem Lula é Fraude! ” E vieram acompanhadas também da manifestação do desejo de reconquistar o que foi roubado pelo golpe. Como dizia uma faixa de sindicalistas do Recôncavo Baiano, “devolver os direitos que Temer nos tirou”. E mais, as saudações a Lula vieram acompanhadas do desejo de avançar novas conquistas. Como manifestou Elizabeth Teixeira, fundadora das Ligas Camponesas na Paraíba, ao se dirigir a Lula pedindo uma verdadeira reforma agrária, sendo ovacionada pela massa presente no ato de João Pessoa.

O desejo é de recuperar o que foi conquis­tado em décadas de luta e, em particular, du­rante os governos do PT. É também o anseio de avançar nas reformas populares, como a agrária, não feitas nos 13 anos de governo.

A prova está feita! O Partido dos Trabalha­dores e sua principal liderança, Lula, seguem sendo para as amplas massas trabalhadoras a via palpável no caminho de uma nação soberana. Para isso é preciso livrar a nação das atuais instituições, verdadeiros grilhões para manter o povo brasileiro subjugado aos interesses do imperialismo.

“Lula Presidente, com Constituinte”, dizia também a faixa dos sindicalistas do Recôncavo Baiano.

Sim, porque neste Congresso Nacional, repudiado pela maioria como mostram as pesquisas, não cabe a representação do povo. Neste Congresso, cujos donos das cadeiras são os partidos da burguesia golpista -alguns equivocadamente tidos como aliados durante os governos do PT – os direitos trabalhistas ou o controle do Pré-Sal, por exemplo, não serão recuperados. Dali não virá a reforma agrária ou regulamentação da mídia, um tema que Lula tem destacado em seus dis­cursos na caravana.

Constituinte sim, porque com este frau­dulento Judiciário, também atingido pelo repúdio popular, que quer tirar o direito de o povo votar impedindo a candidatura de Lula, é o capital financeiro que seguirá dando as ordens.

Os Grupos de Base do Diálogo e Ação Petista começam a eleger os delegados ao Encontro Nacional (7 e 8 de outubro) e es­tão engajados na luta, como mostraram os companheiros e companheiras dos estados por onde a caravana vem passando.

A prova está feita. As decisões do 6º Congresso do PT correspondem aos anseios que estão mobilizando milhares no Nordeste do país. É pé na estrada: Lula Presidente, com Constituinte, o quanto antes melhor!



Outras publicações

16 de novembro de 2017

Há alguns dias está em vigor a contrar­reforma trabalhista que bombardeou os direitos consagrados na CLT. Uma pau­lada na cabeça de cada trabalhador, agora ameaçado de ter que vender sua força de trabalho em condições de exploração sel­vagem. Mas, apesar de estar valendo, nin­guém pode afirmar que para a patronal vai ser fácil aplicar esse […]


1 de novembro de 2017

Temer insiste em ter 3% de apoio popular. Na Câmara, porém, 52% dos deputados o apóiam contra investigar uma segunda denúncia. No Senado é igual, senão for pior. 3% contra 52%? Que representação do povo é essa no Congresso Nacional? “Que país é esse”, perguntava a canção lan­çada em 1987, que começava denunciando “Nas favelas, […]


19 de outubro de 2017

Para onde caminha o Brasil nas mãos dos serviçais do capital financeiro? A publicação da Portaria 1.129, no Diário Oficial da União em 16 de outubro, que modifica o conceito de trabalho escravo e cria obstáculos à sua fiscalização e combate, é uma brutal expressão de para onde o governo usurpador, imposto pela força destruidora […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -