Ato em Fortaleza contra privatização da saúde e pelo piso da enfermagem

O Conexão Saúde realizou na manhã deste dia 31 mais um ato, desta vez no Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

O ato foi motivado agora pela instalação de uma Fundação Estadual da Saúde, que o Governo Camilo Santana fez aprovar na Assembleia Legislativa, e que se apresenta como um instrumento de regulamentação de convênios e consórcios com o setor privado, num estado em que a saúde é amplamente dominado pelas OSs e Cooperativas de mão de obra e onde apenas 30% dos trabalhadores são servidores públicos.

Além disso, o ato denunciou o fechamento do setor de pediatria do HGF, transferida e centralizada para o Hospital Albert Sabin, já saturado. Na prática a medida nega o atendimento pediátrico a toda uma grande região da cidade de Fortaleza.

O ato levantou ainda a luta pelo Piso Nacional Salarial da enfermagem. Hoje, a precarização do trabalho da enfermagem submete os trabalhadores do setor a salários aviltantes, ditados pelas planilhas de lucratividade das cooperativas e Organizações Sociais. A luta pelo Piso vai na contramão da liquidação das relações trabalhistas provocada pela terceirização e cooperativação.

Mais uma vez o Diálogo e Ação Petista apoiou a iniciativa e se fez presente ao ato.