SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

Carta de O Trabalho-18 de maio de 2017

20 de maio de 2017
ftemer_ndireitoamenos--cmp-etc

Mais do que nunca:

Fora Temer, Antecipação das eleições, Lula presidente com Constituinte!

Depois do vazamento da delação da JBS incriminando Temer e Aécio vir a público via o jornal O Globo, neste 18 de maio o presidente ilegítimo disse em rede nacional que não renuncia, mas, nos fatos, o seu governo acabou!

As ratazanas (PSDB, PPS, PTN e outros que o apoiavam) abandonam o barco e o clima de crise se amplia. A Bolsa e os negócios pararam, Câmara e Senado suspenderam seus trabalhos, enquanto o Supremo Tribunal Federal manda prender a irmã de Aécio que tem seu passaporte confiscado.

A crise política paralisou as instituições e se criou um vazio político que coloca a questão de quem governa esse país.

Quem criou tal situação foi a força demonstrada pela classe trabalhadora nas grandes mobilizações de março e na greve geral de 28 de abril que nocauteou o governo Temer e colocou em dúvida, para o grande capital, a sua capacidade de levar até o fim as contrarreformas da Previdência e trabalhista.

A recuperação visível do PT (até nas pesquisas) também se alimentou dessa luta de classe direta e do lançamento, de fato, de Lula como candidato à presidência (como se viu no ato dos 50 mil em Curitiba) aparece, aos olhos de amplas massas, como a saída concreta e imediata para a  crise que penaliza os trabalhadores e o povo pobre.

A posição adotada no congresso do PT de São Paulo e em outros estados de “Fora Temer, Antecipação das eleições, Lula presidente com Constituinte” é a melhor resposta que a classe trabalhadora e os setores populares podem dar à questão do poder que está colocada!

Atos em todo o país e Marcha a Brasília

A CUT mantém a Marcha a Brasília em 24 de maio, somando à exigência de retirada das chamadas reformas trabalhista e da previdência, o “Fora Temer” e “Diretas Já” com eleições para presidente e para um parlamento constituinte. Outras cinco centrais (Força, UGT, CSB, NCS e CTB), também mantém o 24 de maio em repúdio às reformas, mas em nota conjunta pedem “estrito cumprimento do rito institucional” para apurar as denúncias, o que poderia levar a aceitar um Rodrigo Maia (DEM) como presidente e uma eleição indireta pelo Congresso.

As frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, reunidas na CUT em 18 de maio, propõem manifestações de massa em todo o país em 21 de maio e se somam ao “Ocupa Brasília” com as bandeiras de “Fora Temer e Diretas Já”.

Sim, é hora da mais ampla mobilização. Se Temer diz que não renuncia, é hora de derrubá-lo e dar a palavra ao povo em eleições para presidente. Mas, como tirar Temer e deixar o atual Congresso corrupto, golpista e reacionário intocado para aplicar as reformas que liquidam direitos? É preciso também eleger novos parlamentares para uma Constituinte soberana!

A nota da direção do PT corrigiu o que membros da sua bancada pediram – a renúncia de Temer – e se pronunciou claramente por “Diretas Já” para presidente, mas os próprios congressos estaduais do partido foram além ao adotarem “antecipação das eleições, Lula presidente com Constituinte”.

A corrente O Trabalho, lado a lado com companheiro/as do Diálogo e Ação Petista e das chapas de Unidade pela Reconstrução do PT, irá intervir em todas as ações unitárias para expulsar de vez os golpistas do governo e do Congresso, reafirmando a saída política concreta para a crise que atinge seu clímax:

Fora Temer, Nenhum Direito a Menos!

Antecipação das eleições!

Lula presidente com Constituinte para as reformas populares!



Outras publicações

24 de novembro de 2017

Depois de passar o ano defendendo uma “frente ampla”, quando se esperava o apoio à candidatura de Lula, o PCdoB lançou a deputada estadual gaúcha Manuela D´Ávila para a presi­dência da República. Não se discute o direito do partido lançar o nome, mas a oportunidade política. Entrevistada, Manuela negou que sai para negociar uma vice […]


22 de novembro de 2017

MP 805 ainda aumenta alíquota previdenciária para 14% O golpista Temer editou a Medida Provisória 805 que suspende o reajuste salarial de mais 30 categorias do funcionalismo público federal, entre elas os servidores Analistas Técnicos de Políticas Sociais (ATPS), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), dos médicos peritos do INSS e dos analistas […]


21 de novembro de 2017

Atos em todo o país repudiam a entrada em vigor da lei 13.467 A entrada em vigor, em 11 de novembro, da infame lei 13.467 da contrarreforma trabalhista de Temer e do congresso vendido aos empresários, não passou em branco. Na véspera, sexta-feira 10 de novembro, em todas as capitais e várias cidades de norte […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -