SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

Crise na ciência brasileira

25 de setembro de 2017

Em agosto o presidente do CNPq (agência de fomento à ciência do governo federal) anunciou que o dinheiro “acabou” e não tinha mais recursos para pagar as cerca de 40 mil bolsas de pesquisa para os pós­-graduandos em 2017. Os estudantes de pós-graduação se mobilizaram junto com a ANPG face a essa ame­aça. Entidades científicas como a Sociedade Brasileira para o Progres­so da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciência (ABC) também pressionaram o governo pelos R$ 570 milhões necessários para pagar as bolsas neste ano.

Depois da mobilização os golpistas liberaram 100 milhões e prometeram o resto do dinheiro para depois da aprovação da ampliação do déficit fiscal no congresso, agora em R$ 159 bilhões.

Entretanto, a crise na ciência bra­sileira está longe de acabar. Temer anunciou a proposta de orçamento para 2018 com 50% menos recur­sos para a Ciência e Tecnologia. Na prática, isto implica na extinção de milhares de bolsas de pesquisa do CNPq e a paralisação de importantes pesquisas. Um dos projetos que estão sob ameaça é a construção do Sirius (ver abaixo), primeira fonte de luz síncrotron que seria instalada no Brasil, um apare­lho científico sofisticado fundamen­tal para importantes pesquisas nas áreas de Energia e Saúde.

Isto tudo é consequência da aplica­ção do “Novo Regime Fiscal” (antiga PEC 55) aprovado pelo congresso podre em novembro de 2016, logo após consumar o golpe contra Dil­ma. Por essa lei, os gastos do governo ficarão congelados pelos próximos 20 anos! É impossível esperar qual­quer avanço na ciência brasileira com essa lei em vigor.

Por isso, com razão a SBPC clama pela revogação desta Emenda Cons­titucional, como afirma em Moção aprovada em sua Assembleia Geral Ordinária em 20 de julho de 2017: “ Cortar em conhecimento foi uma op­ção deste governo e de todos aqueles que votaram pela Emenda Constitu­cional (…) ao invés de aderirmos à escolha sobre o que cortar – se Edu­cação, Saúde ou Ciência e Tecnologia – a solução deve ser revogar a EC 95 imediatamente.”

No final de outubro (27 a 29) se realizará o Conselho Nacional de Associações de Pós-Graduandos, este é o momento dos pós-graduandos entrarem nessa luta e chamar suas entidades à assumir seu lugar.

Cristiano Junta


O acelerador de partículas

A falta de verba que assola as pesquisas financiadas pelo poder público federal chegou no Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais (CNPEM) e ameaça a construção do acelerador de partícu­lar Sirius, em Campinas, cujas obras estão originalmente previstas para terminar em junho de 2018. Se não receber mais recursos, o CNPEM terá de paralisar as atividades em dois meses. Ou demitir todo mundo e fechar as portas, pelas palavras do diretor, o que seria possível porque é uma Organização Social.

O Centro abriga quatro Labora­tórios Nacionais com tecnologia de ponta que atendem a toda comuni­dade científica. O acelerador Sirius é um projeto 100% brasileiro, com 85% dos materiais produzidos no país. Será uma das melhores fontes de luz síncontron do mundo, possi­bilitando estudos, por exemplo, de estruturas moleculares. As informa­ções são do UOL.



Outras publicações

24 de novembro de 2017

Depois de passar o ano defendendo uma “frente ampla”, quando se esperava o apoio à candidatura de Lula, o PCdoB lançou a deputada estadual gaúcha Manuela D´Ávila para a presi­dência da República. Não se discute o direito do partido lançar o nome, mas a oportunidade política. Entrevistada, Manuela negou que sai para negociar uma vice […]


22 de novembro de 2017

MP 805 ainda aumenta alíquota previdenciária para 14% O golpista Temer editou a Medida Provisória 805 que suspende o reajuste salarial de mais 30 categorias do funcionalismo público federal, entre elas os servidores Analistas Técnicos de Políticas Sociais (ATPS), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), dos médicos peritos do INSS e dos analistas […]


21 de novembro de 2017

Atos em todo o país repudiam a entrada em vigor da lei 13.467 A entrada em vigor, em 11 de novembro, da infame lei 13.467 da contrarreforma trabalhista de Temer e do congresso vendido aos empresários, não passou em branco. Na véspera, sexta-feira 10 de novembro, em todas as capitais e várias cidades de norte […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -