SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

Europa impõe mais austeridade à Grécia

14 de julho de 2015
tsipras

14/07/15.

Após 22 horas de negociação, os líderes da zona do euro e o governo grego chegaram nesta segunda-feira (13) a um acordo que garante a Atenas um pacote de resgate de até € 86 bilhões divididos em três anos (o terceiro socorro em cinco anos).

O acerto põe fim, ao menos temporariamente, às dúvidas sobre a permanência do país no bloco de 19 países.

A contrapartida grega, no entanto, é duríssima. Para receber o valor –equivalente a 48% do PIB do país em 2014–, a Grécia terá de aprovar até esta quarta (15) um pacote que inclui reformas tributária (com aumento de impostos) e previdenciária (com corte de gastos nos benefícios). O mais importante –e polêmico–, porém, é que os gregos, na prática, terão de ceder sua soberania fiscal aos credores, ou seja, terão menos controle sobre seu próprio Orçamento.

As medidas preveem, por exemplo, criação de fundo de € 50 bilhões, a partir de ativos privatizados gregos, que será usado para pagar a dívida e capitalizar os bancos do país. O dia a dia das operações será tocado pelos gregos, mas sob a supervisão da UE. A severidade do acordo, firmado dias após os gregos terem rejeitado, em plebiscito, mais austeridade, torna a aprovação das medidas no Parlamento da Grécia uma incógnita.

Fonte: Folha de São Paulo



Outras publicações

8 de novembro de 2017

“Labour” se inclina para a esquerda e é favorito em eleições no Reino Unido O congresso do Partido Trabalhista (Labour Party) – o mais antigo partido socialdemocrata do mundo, ligado desde a origem aos sindicatos britânicos – registrou muitas novidades. A começar pelo número de 1.200 delegados, o maior em 30 anos, dos quais cerca […]


4 de novembro de 2017

Em defesa da república, contra o artigo 155 da constituição monárquica Em 27 de outubro, o parlamento da Catalunha aprovou a Declaração Unilateral de Independência (DUI), contrariando a posição de diversos setores da classe operária, como as centrais sindicais CCOO eUGT, que pediam uma solução política, negociada. Imediatamente, com apoio da direção do Partido Socialista […]


26 de outubro de 2017

Mais de 400 mil servidores se manifestam em todo o país Todos os setores do serviço público da França foram atingidos pelas greves e manifestações do dia 10 de outubro, chamadas unitariamente pelas mais diversas organizações sindicais, contra a política do governo Macron. Hospitais, creches, serviços municipais foram paralisados. Cerca de 30% dos voos foram […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -