SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

Executiva do PT reafirma Lula presidente!

13 de abril de 2018
destaque_estrela

A reunião extraordinária da Execu­tiva Nacional (CEN), dia 9, em Curitiba, com Lula preso, afirmou a sua candidatura e outras inicia­tivas (ver notas abaixo). Ninguém defendeu “plano b”, nem na versão Haddad, lançada pelos assessores do ex-prefeito semanas antes, nem na versão Jaques Wagner, que só 48 horas depois foi a Curitiba, e cogitou de “escolher alguém de dentro ou de fora do partido”.

A CEN estava coesa no registro de Lula em 15 de agosto. Alguns orado­res entraram no balanço das “ilusões no Estado” ou no Supremo Tribunal Federal, para defender uma “ruptu­ra”. Outros lembraram o limite da mobilização em São Bernardo, cujo ponto alto foi a coluna da Volkswa­gen na troca de turno.

Vários dirigentes reclamaram da condução dos atos recentes, com o espaço de certos aliados, lembrando que PCdoB e PSOL fazem uma dis­puta. Foi aplaudido o parlamentar que enfatizou o dever de “fazer tudo por Lula e o PT”. Destoou o deputado Paulo Teixeira, da Mensagem, ao pro­por convidar à Executiva uma lista de “notáveis” (Dilma, Haddad, Va­nucchi, Amorim, João Paulo…), não explicou se para compor ou assistir.

Não que não haja problemas. Por exemplo, é discutível desmembrar uma resolução, discutindo e emen­dando em plenário uma nota à opi­nião pública, separada de outra nota de agenda completada fora depois, como se a orientação precisa do “que fazer” fosse assunto menor, para a militância ou para as frentes.

Mas a solução dos problemas não está nos “notáveis”. Está em se organizar ou reorganizar num Diretório Nacional urgente face às gigantescas tarefas das quais todos são conscientes.

Só assim teremos um plano de ação à altura do desafio, com nossa principal liderança trancafiada.

A Executiva reafirmou a presidente Gleisi como porta-voz de Lula, insta­lou o comando em Curitiba e decidiu ainda publicar o discurso de Lula em São Bernardo (em vídeo e jornal).

Markus Sokol

 

NOTA DA EXECUTIVA: LULA LIVRE! LULA PRESIDENTE!

O PT saúda as multidões que se mobilizaram, em São Bernardo do Campo, em centenas de cidades do país e no exterior, em defesa da liberdade do ex-presidente Lula.

(…) A prisão inconstitucional do ex-presidente Lula, sua condenação sem provas por juízes parciais, que sequer apontaram-lhe um crime, e a negativa, pela 5ª turma do STJ e pela maioria do STF, do direito de recorrer em liberdade constituem a maior violência contra uma liderança nacional desde a redemocratização.

(…) A estatura de Lula agigantou-se pela maneira digna como cumpriu o mandado ilegal de prisão, no sindicato que é o berço de sua liderança: de cabeça erguida, nos braços do povo, uma imagem que repercutiu ao redor do mundo.

A prisão ilegal de Lula é um desdobramento do grande golpe contra a democracia que começou com o impeachment sem crime da presiden­ta Dilma, que levou à retirada de direitos dos trabalhadores, ao desmonte de empresas públicas, à entrega da soberania nacional.

Lula é inocente! Lula é um preso político!

(…) Lula continua sendo nosso candidato à Presidência da República e sua candidatura será registrada no dia 15 de agosto, conforme a leg­islação eleitoral.

A principal tarefa do PT é lutar pela liberdade de Lula, em ações coorde­nadas com outros partidos, movimentos sociais, frentes, e personalidades do Brasil e de outros países.

Caberá à direção do PT fazer as articulações com outros partidos, que serão conduzidas pela presidenta Gleisi Hoffmann, designada por Lula como sua porta-voz política até que ele recupere a liberdade.

A Executiva Nacional decidiu que o comando do partido ficará instalado em Curitiba.

(…) Não sairemos das ruas enquanto Lula não estiver em liberdade.

Curitiba, 9 de abril de 2018

AGENDA

A CEN reunida aprova as seguintes ações:

– Manter acampamentos em Curitiba e Brasília, com o lema Lula Livre (…).

– Dia 11, lançamento da Frente Ampla Partidária em defesa da democ­racia e da liberdade de Lula, em Brasília (…)

– Dia 13, atos político-culturais em todas as capitais e grandes cidades.

– Os Comitês Populares em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato deverão transformar-se em Comitês Lula Livre (…).



Outras publicações

10 de junho de 2018

“Um momento de desalento e descrença nas instituições, nossos partidos não nos representam, o Congresso não nos representa e o Judiciário não funciona”. Essa não é a opinião de um extremista, é do banqueiro Pérsio Arida, coordenador de programa de governo de Alckmin do PSDB (Valor, 06/06). Os setores mais pró imperialistas estão em apuros. […]


1 de junho de 2018

Há “analistas” e certas lideranças do PT (que desmentem depois, quando já não falam em “off”) dizendo que Lula não será o candidato do PT. A mídia reduziu drasticamente a expo­sição de Lula e tenta desqualificar sua liderança, alegando isolamento. Ela confunde a prisão na questão do triplex do Guarujá – onde o juiz Moro […]


1 de junho de 2018

Na eleição suplementar de 2017, devida à cassação do governador José Melo (PROS), o PT do Amazo­nas rompeu o jejum de candidatos próprios desde 2002, recebendo boa votação na chapa encabeçada pelos deputados José Ricardo e Sinésio Cam­pos (2o lugar em Manaus). Agora, em 2018, apesar de que Lula lidera disparado também no Estado, nenhuma […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -