SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

“Fora Temer é coisa da esquerda pequeno-burguesa.” Será?

13 de janeiro de 2017
volta querida

O impeachment, sem crime de responsabilidade, foi um golpe contra o povo. Portanto, é justa a sua anulação. Para chegar lá é preciso avaliar porque Dilma caiu e os meios para restabelecer a democracia: no limite desta nota, resumindo, uma greve geral pelos direitos e a perspectiva da Constituinte, o que começa na luta pelo Fora Temer, o usurpador alçado pelo golpe.

Nos atos aparecem pequenos grupos pedindo “volta Dilma”, via a anulação. Mas a própria Dilma não cogita disso nas entrevistas. Dilma fala em virar a página e eleições diretas. E, de fato, não há setores populares em luta pela sua “volta” devido à decepção com as medidas de ajuste de seu segundo mandato.

Mas Edva Aguilar, de um daqueles grupos, prefere culpar “a própria esquerda (que) esqueceu os avanços econômicos conquistados pelo governo Dilma até 2014 e se somou aos golpistas, criticando ferozmente a Presidenta e seu governo pelos ajustes e escolhas. Machismo e misoginia, infelizmente, não ocorreram só entre os inimigos políticos”. E chuta que “uma ocupação em massa do STF pode constituir a força para que esses ministros anulem o golpe”.

Mas quem sustentaria tal ocupação no país, do lado de fora? À esta altura, é muita ilusão nos ministros do STF, ignorar que só a força dos trabalhadores numa greve pode impor tal recuo.

Ilusões parecidas tem outro grupo, o PCO: “os advogados de Dilma Rousseff entraram com mandado de segurança no STF” (…) “a exigência de que o Judiciário se pronuncie é uma ferramenta para mobilizar amplos setores”. Agressivo, o site Partido da Causa Operária (PCO) denuncia “os elementos da esquerda pequeno-burguesa que pede o Fora, Temer, abandonando a luta contra o golpe” (1/2/2017).

Antes de acusar, o PCO dilmista deveria testar em panfletagens em fábricas ou terminais populares, a audiência da palavra-de-ordem “volta Dilma”.



Outras publicações

24 de maio de 2018

No quarto dia o movimento dos caminhoneiros em todo o país, por uma reivindicação justa – contra o aumento do diesel, pergunta-se: de onde vem esse aumento? Desde junho de 2017, o golpista Temer dobrou a tributação dos combustíveis, cerca de 100% no PIS/Confins, e a Petrobrás adotou uma política privatista de reajuste dos combustíveis […]


13 de maio de 2018

A escravidão no Brasil durou de 1550 até 1888, três séculos de exploração do povo negros trazido da África. Para o movimento negro, o dia 13 de maio, não é de comemoração, mas sim de luta contra o racismo e de esclarecimento que a Lei Áurea ainda é um processo inacabado. Pois se ela acabou […]


5 de maio de 2018

Hoje completam-se 200 anos do nascimento de Karl Marx, aquele que, ao lado de Engels fundou o socialismo científico. Em homenagem a Marx, publicamos o texto de Engels, escrito em 1877 para publicação num almanaque alemão no ano seguinte, enquanto o próprio Marx ainda trabalhava na sua principal obra: O capital. O homem que primeiro […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -