Marília Arraes defende candidatura própria em Recife

Publicamos curta entrevista realizada pelo Dialogo e Ação Petista com Marília Arraes

No Recife, como em outras capitais, o debate eleitoral está aberto: candidatura própria do PT ou apoio a candidato de outro partido. Essa última posição é encabeçada por vários dirigentes do partido. O Diálogo e Ação Petista, ao contrário, defende abertamente a candidatura própria.

No caso de Recife há forte pressão de setores do partido para abrir mão da candidatura própria e apoiar o candidato do atual governador, Paulo Câmara (PSB). Ouvimos a deputada federal Marília Arraes, pré-candidata a prefeita pelo PT.

DAP– A direção nacional enviou dois representantes para participarem de reuniões em Recife, para ouvir sobre as eleições. Como avalia o resultado desta reunião?

Marília Arraes– Avalio como muito positivo, como mais uma etapa cumprida. Estamos construindo a unidade, e o que sempre defendo é que devemos colocar o Recife e os recifenses na frente, em primeiro lugar.

DAP– O PT vai ter candidatura própria em Recife?

MA – Tenho dito sempre que estou à disposição do partido e do Recife. Estou otimista e entusiasmada em debater o futuro da nossa cidade com a população, de construir propostas para uma cidade melhor. Recife nunca teve uma prefeita. Vamos quebrar essa tradição.

DAP– Como você vê as pressões para que o PT apoie o candidato do PSB?

MA– Eu trabalho é pela unidade e pela candidatura própria. Não cogito outro cenário.