SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

México: revolta pela tortura e assassinato de 46 estudantes

12 de novembro de 2014
46estudmexico

Governos, polícia e traficantes são cúmplices e culpados.

Enormes manifestações ocorrem desde 25 de setembro no México. No centro a exigência de apuração e punição dos responsáveis pelo bárbaro assassinato de 46 estudantes por policiais e narcotraficantes no estado de Guerrero.

Desapareceram e foram encontrados mortos três estudantes do Curso Normal da cidade de Ayotzinapa. No mesmo dia, mais 43 estudantes foram sequestrados em Iguala.

Em busca dos estudantes desaparecidos foram descobertas onze valas comuns com corpos de indivíduos mortos. Eles foram torturados, queimados vivos, destroçados para que a identificação fosse impedida. As autoridades judiciais e do governo federal dizem que não são os corpos dos estudantes. Não é o que pensam os que foram em massa às manifestações!

Crimes decorreram de repressão política

Os estudantes, filhos de camponeses pobres, costumam arrecadar dinheiro nas ruas para participar de eventos políticos. Nessa ocasião, queriam assistir a uma manifestação em 2 de outubro na Cidade do México.

O prefeito de Iguala ordenou a repressão que excedeu tudo o que foi visto até agora no México e abriu uma crise política sem precedentes. Afinal, o povo diz que as autoridades mentem sobre os corpos. Um escritório do governo estadual foi incendiado por manifestantes. O governador de Guerrero foi informado da “operação” e não agiu para impedi-la.

O governador caiu, mas a responsabilidade do presidente Peña Nieto (PRI) está em questão. Como diz uma declaração da Organização Socialista dos Trabalhadores (OST, seção mexicana da 4ª Internacional): “Não podemos permitir o terrorismo contra a juventude. Não podemos permitir o desenvolvimento da barbárie. Não podemos aceitar a entrega de nosso petróleo e recursos naturais ao capital estrangeiro”, propondo a luta por uma Constituinte soberana no México.



Outras publicações

8 de novembro de 2017

“Labour” se inclina para a esquerda e é favorito em eleições no Reino Unido O congresso do Partido Trabalhista (Labour Party) – o mais antigo partido socialdemocrata do mundo, ligado desde a origem aos sindicatos britânicos – registrou muitas novidades. A começar pelo número de 1.200 delegados, o maior em 30 anos, dos quais cerca […]


4 de novembro de 2017

Em defesa da república, contra o artigo 155 da constituição monárquica Em 27 de outubro, o parlamento da Catalunha aprovou a Declaração Unilateral de Independência (DUI), contrariando a posição de diversos setores da classe operária, como as centrais sindicais CCOO eUGT, que pediam uma solução política, negociada. Imediatamente, com apoio da direção do Partido Socialista […]


26 de outubro de 2017

Mais de 400 mil servidores se manifestam em todo o país Todos os setores do serviço público da França foram atingidos pelas greves e manifestações do dia 10 de outubro, chamadas unitariamente pelas mais diversas organizações sindicais, contra a política do governo Macron. Hospitais, creches, serviços municipais foram paralisados. Cerca de 30% dos voos foram […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -