No meio da pandemia trabalhadores franceses vão à greve para defender empregos, salários e segurança.

22 de abril. Na fábrica de produtos químicos MSSA, em Pombliére, trabalhadores franceses estão em greve há 8 dias exigindo melhores salários e condições de trabalho, diante das recusas da empresa que segue funcionando na pandemia. Na foto manifestação durante a greve respeitando regras de distanciamento social.
Na indústria de alimentos Hafner, trabalhadoras fizeram manifestação contra o fechamento de uma fábrica e sua transferência em plena pandemia!
23 de abril. Na indústria de alimentos Hafner, em Garonne, região da França, trabalhadoras fizeram manifestação contra o fechamento de uma fábrica e suas demissões durante a pandemia. A manifestação respeitou regras de distanciamento social.