SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

Porque tentam impedir a candidatura de Lula

5 de outubro de 2017
JOT-815_capa

Dias após dia, as famílias trabalhadoras veem ruir suas condições de vida e tra­balho, num país jogado nas mãos de facções golpistas, a serviço do capital financeiro.

Enquanto o patrimônio nacional é dila­pidado, os direitos aviltados, os serviços públicos dizimados, a democracia pisoteada por um Judiciário fraudador e ditatorial, as cúpulas das instituições que comandam esse desatino batem cabeça, mas buscam avançar – ainda que em meio a uma crise profunda – contra tudo que foi uma conquista da nação e dos trabalhadores, abrindo a perspectiva de um perigoso agravamento da situação.

O que vivemos aqui, é a face nacional de uma investida internacional contra as nações e os povos, como sentiu na carne o povo catalão, na criminosa repressão contra seu direito à autodeterminação, desferida por um estado monárquico a serviço do mesmo capital financeiro, para o qual trabalham os golpistas no Brasil.

O governo e as instituições golpistas em­purram o país ao desastre e ingredientes perigosos se manifestam.

O Judiciário cada vez mais se arvora a um poder absoluto. Num Congresso Nacional desacreditado, prossegue a lambança con­tra o povo. E o “comandante em chefe” da lambança, do alto dos seus 97% de rejeição popular, prossegue no assalto aos interesses da maioria do povo para manter-se na cadeira que usurpou com o golpe. Um ambiente no qual vozes das Forças Armadas colocam as manguinhas de fora à luz do dia, e se apre­sentam como alternativa.

Isto tem que parar! E quem pode deter esta tragédia é a resistência da classe trabalhadora e da maioria oprimida que não deixa de se manifestar.

Como na Venezuela contra o cerco mon­tado pelo imperialismo (confira nesta edição de O Trabalho) , os trabalhadores brasileiros buscam se defender.

Categorias entram em greve, como os traba­lhadores dos Correios e os professores do Rio Grande do Sul. Milhares se manifestaram no Rio de Janeiro, em 3 de outubro, aniversário da Petrobras, em defesa da soberania nacio­nal. Por inciativa da CUT, uma campanha que pretende mobilizar mais de um milhão e trezentas mil adesões à exigência de anulação da contrarreforma trabalhista, ganha apoio dos trabalhadores.

Uma resistência que, como cada vez mais mostram as sondagens e manifestações como as da caravana ao Nordeste, vê em Lula e no PT a saída.

Sim, a única alternativa ao caos, palpável à maioria do povo trabalhador é Lula presiden­te para devolver tudo que está sendo roubado dos trabalhadores e da nação e destrancar o garrote das instituições que condenam a nação do atraso. O que coloca na ordem do dia para um novo governo de Lula, a convo­cação de uma Assembleia Nacional Consti­tuinte, como decidiu o 6º Congresso do PT e foi reafirmado por seu Diretório Nacional recentemente reunido.

E justamente porque é esta a alternativa na qual cada vez mais setores da maioria oprimida buscam se agarrar, prossegue a perseguição encarniçada de Moro & Cia contra Lula. A cada confirmação do apoio popular a Lula e da preferência partidária ao PT, vem chumbo do Judiciário e da mídia. Tudo para viabilizar “legalmente” – como foi feito com o golpe contra Dilma – o impedimento de que Lula seja candidato, para cassar o direito do povo de votar.

Para ajudar na resistência que os trabalhadores manifestam através da sua luta direta, para deter a pilhagem do patrimônio e dos direitos, mais do que nunca é hora de reforçar: Eleição sem Lula é Fraude!



Outras publicações

16 de novembro de 2017

Há alguns dias está em vigor a contrar­reforma trabalhista que bombardeou os direitos consagrados na CLT. Uma pau­lada na cabeça de cada trabalhador, agora ameaçado de ter que vender sua força de trabalho em condições de exploração sel­vagem. Mas, apesar de estar valendo, nin­guém pode afirmar que para a patronal vai ser fácil aplicar esse […]


1 de novembro de 2017

Temer insiste em ter 3% de apoio popular. Na Câmara, porém, 52% dos deputados o apóiam contra investigar uma segunda denúncia. No Senado é igual, senão for pior. 3% contra 52%? Que representação do povo é essa no Congresso Nacional? “Que país é esse”, perguntava a canção lan­çada em 1987, que começava denunciando “Nas favelas, […]


19 de outubro de 2017

Para onde caminha o Brasil nas mãos dos serviçais do capital financeiro? A publicação da Portaria 1.129, no Diário Oficial da União em 16 de outubro, que modifica o conceito de trabalho escravo e cria obstáculos à sua fiscalização e combate, é uma brutal expressão de para onde o governo usurpador, imposto pela força destruidora […]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -