Manifestação em bairros pobres do Chile: “não é contra a quarentena, é contra a fome”

Desesperados pela situação econômica em meio à pandemia, manifestantes saíram às ruas de bairros pobres de Santiago, capital do Chile nos dias 18 e 19 para reivindicar uma solução do governo para o problema das condições de vida da população. A resposta de Piñera foi uma dura repressão por parte da polícia militarizada chilena.

Em entrevista à BBC um manifestante afirmou: “não é contra a quarentena, é contra a fome”.