Trabalhadores de Hospital em Ribeirão Preto organizam-se para exigir equipamentos de proteção

A situação só se agrava nos postos de atendimento de saúde. Em Ribeirão Preto, cidade do interior de São Paulo não é diferente.

Nos locais de trabalho falta tudo: máscaras, luvas, aventais, produtos de higienização entre outros. Essa é a realidade, por exemplo, do Hospital das Clínicas, da faculdade de Medicina da USP.

Os trabalhadores procuraram o sindicato SINDISAÚDE (SP), que produziu um panfleto que fez com que a direção respondesse quase que imediatamente com mentiras e ameaças.

panfleto hc saúde

 

“Os trabalhadores do HC gostariam que a direção fosse tão ágil no que diz que fez quanto foi pra responder o panfleto do sindicato”, disse a servidora Marilurdes Faria.

A situação é dramática, e, receosos da situação trabalhadores estão tirando do próprio bolso o o dinheiro de produtos que começam a faltar, enquanto exigem da direção do hospital uma solução!

Artigo anteriorOs desafios na Saúde para enfrentar o Covid-19
Próximo artigoSem equipamento de proteção e treinamento específico, sepultadores em SP lutam por condições dignas de trabalho