Um clube de tiro por dia

Existem hoje no Brasil 2.061 clubes de tiro em atividade. Segundo dados do Exército – onde os registros são feitos – quase metade (1.006) foi fundado de janeiro de 2019 até maio de 2022, durante o governo Bolsonaro. Isso significa quase um clube aberto por dia. E os clubes de tiro, que em geral eram concentrados em grandes centros urbanos, têm penetrado o interior do país e o número de sócios tem aumentado consideravelmente.

Em 9 de julho, um ato em Brasília pediu a derrubada de restrições ao armamento para “todos os cidadãos”. Sob o lema “não é sobre armas, é sobre liberdade”, a manifestação teve discursos de apoio a Bolsonaro.

Essa expansão acompanha o aumento de armas em circulação: com as flexibilizações o número de novas pistolas liberadas cresceu 170% no atual governo, e os calibres liberados são cada vez mais pesados. Já foram 19 decretos, 17 portarias, duas resoluções, três instruções normativas e dois Projetos de Lei flexibilizando o acesso a armas e aos calibres que antes eram exclusivos às forças policiais e militares.

Artigo anteriorJá está à venda o livro Ciência e Revolução Social
Próximo artigoPolítica de Bolsonaro facilita armas ao PCC