SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -
CORRENTE O TRABALHO DO PT

Declaração do PT de Vila Verlha (ES): a favor da vida, contra o “austericídio”, em defesa dos direitos sociais

20 de fevereiro de 2017
delegadopt-votando

O Espírito Santo vive uma profunda crise na segurança pública, isto é resultado das políticas públicas da chamada austeridade fiscal, que retira diretos dos trabalhadores e compromete a vida do povo brasileiro desde o golpe que levou ao governo central do Brasil o ilegítimo Presidente Michel Temer.

O congelamento dos gastos públicos por vinte anos (PEC55) e a Lei de Responsabilidade Fiscal são as justificativas apresentadas pelo Governador Paulo Hartung (PMDB) e seu Vice Cesar Colnago (PSDB), para não atenderem as justas reivindicações dos policiais militares em greve e dos demais servidores públicos estaduais. Eles recusam o atendimento em nome da chamada “austeridade” fiscal, que na prática significa continuar assegurando o pagamento dos juros das dividas dos estados e da União, a manutenção dos privilégios das isenções fiscais, em troca do arrocho salarial e da contínua precarização total dos serviços públicos: de saúde, da educação, da segurança pública, dos transportes.

E, esta perversa política denominada ”austeridade fiscal” que, em nome de um propalado equilíbrio de contas impede que seja atendida a reivindicação dos policiais de reajuste de seus salários congelados ha 4 anos; ela leva ao caos a sociedade capixaba, que paga com vidas humanas, com o cerceamento de sua liberdade e com a destruição de patrimônios pela insensibilidade de um governo autocrático e midiático.  É o AUSTERICIDIO – Austeridade que gera o genocídio de pessoas mortas não só pela violência das ruas mais também pelos péssimos atendimentos na saúde pública.

É isso que está de fato acontecendo no Espirito Santo! E de quem é a responsabilidade, pelo caos que desintegra o Estado?  Quem é o responsável por essa política que aprisiona toda a população em suas casas colocando em risco a vida do povo do ES? Quem impede o acesso aos serviços públicos, à segurança, deixando o Estado abandonado à própria sorte e a todo tipo de violência? O mais cruel ainda é com o trabalhador que vive nas periferias e não tem como se defender. De quem é o dever de encontrar uma  solução imediata que atenda a reivindicação dos policiais militares?

A responsabilidade é exclusivamente do governo do PMDB/PSDB, aonde os maiores prejudicados são os trabalhadores e a população em geral que não podem e não devem aceitar esta punição em nosso Estado.

Devemos repudiar qualquer tentativa de se jogar a população contra as legítimas demandas dos policiais militares, dos policiais civis, das outras categorias de servidores públicos e de seus familiares que se encontram em justa luta por seus direitos como todos os segmentos dos serviços públicos que sofrem ataques cerrados dos governos golpistas, seja na esfera federal ou a dos Estados, como ocorre atualmente no Espirito Santo e no Rio de Janeiro.

Estamos solidários com a CUT-ES ao afirmar que “é imperioso ainda que toda a sociedade exija do governo Paulo Hartung a abertura de diálogo imediato com a Polícia Militar, bem como com todo o funcionalismo público estadual, que padece de baixos salários, perdas inflacionárias e benefícios negados”.

Diante deste quadro é inadmissível que O Partido dos Trabalhadores continue fazendo parte no Espírito Santo deste Governo que propagandeia “ajuste fiscal”, corta direitos e sucateia os serviços públicos.

Neste sentido a Comissão Executiva Municipal do PT de Vila Velha conclama a toda instância partidária do Partido no Espírito Santo para que debatam a grave situação que vive o nosso Estado, se manifestem de forma pública contra este austericídio e se posicionem pela imediata saída do PT do Governo Paulo Hartung, colocando-nos ao lado dos trabalhadores capixabas e suas famílias.

Nenhum Direito a menos! Contra a Austeridade Fiscal que destrói as Vidas!

Pelo Diálogo Público e Transparente com os Servidores Estaduais!

Pela Imediata Saída do PT do Governo PMDB/PSDB!

A favor da vida e em defesa dos direitos sociais!

VILA VELHA – 14 DE FEVEREIRO DE 2017

Comissão Executiva Municipal do PT – VILA VELHA



Outras publicações

30 de maio de 2017

Manifesto ao 6º Congresso do PT O 6º Congresso Nacional do PT – Marisa Letícia da Silva acontece enquanto ainda está em andamento no Brasil o golpe jurídico/midiático/parlamentar iniciado com a deposição arbitrária da presidente Dilma, e se desenvolve com violentos ataques à soberania nacional (concessão Pré-sal, venda de terras na[…]


26 de abril de 2017

Breve comentário sobre as principais posições que os filiados nem debateram Estão inscritas 10 teses nacionais ao 6o Congresso do PT. A tese “Unidade Pela Reconstrução do PT” é apoiada pelo Diálogo e Ação Petista e parte dos 5 pontos: Fora Temer, desdobrado no apoio à Greve Geral por Nenhum Direito a Menos, chega de […]


13 de abril de 2017

“O poder constituinte é do povo e deve sair às ruas” O Diretório Nacional do PT promoveu o Seminário “O que a Lava Jato tem feito pelo Brasil”, no último dia 24. Juristas, economistas e jornalistas em apresentações variadas convergiram sobre o seu caráter persecutório e antinacional. O jurista Pedro Serrano denunciou que “o[…]


SITE DA CORRENTE O TRABALHO DO PT - TENDÊNCIA INTERNA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES - SEÇÃO BRASILEIRA DA 4ª INTERNACIONAL -