Centenas de milhares de mortos, milhões de desempregados e os bilionários mais bilionários

Bezzos (Amazon) e Zuckberg (Facebook)

Já são mais de 350 mil mortos em função dessa pandemia, sem contar tantos outras centenas de milhares que morrem de doenças que já tem cura todos os anos.

Consequência da crise, são dezenas de milhões de “novos” desempregados pelo mundo. Só nos EUA já se acumulam 23 milhões e no Brasil 13 milhões, além de outros milhões de informais que desistiram de procurar emprego formal.

Já os Bilionários ficaram mais bilionários. É o que revelam os dados da Forbes. De acordo com a revista o patrimônio dos Bilionários norte-americanos cresceu 15% desde o inicio da Pandemia. A fortuna total de 600 bilionários aumentou 434 bilhões de dólares no período.

Jeff Bezos, CEO da Amazon, e Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, obtiveram os maiores ganhos, com Bezos adicionando US$ 34,6 bilhões à sua riqueza e Zuckerberg ficando US$ 25 bilhões mais rico.