Frentes “Brasil Popular” e “Povo Sem Medo” defendem fim do governo Bolsonaro em plataforma de emergência

As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo lançaram nesta semana  “plataforma de emergência” que defende o fim do governo Bolsonaro. O documento é assinado por diversas centrais sindicais como CUT, Força Sindical, CTB, Intersindical, Conlutas e outras, além de partido políticos como o PT, PSOL, PCdoB e movimentos como MST, MTST e diversos outros.

De acordo com o manifesto que abre o documento

“(…)Governo Federal, ao não assumir medidas eficazes contra a crise, tornou-se a principal ameaça para a segurança e bem-estar da população brasileira. Ao contrário de liderar a nação no combate à pandemia, o presidente da República atua abertamente para sabotar medidas de proteção ao povo brasileiro, na contramão das medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Medidas simples como a quarentena, a universalização de testes da Covid-19, e a garantia de renda básica para trabalhadores e trabalhadoras que vêm sendo aplicadas na maioria dos países em todos os continentes.

É por isso que, além de propor alternativas, nos somamos às vozes de milhões de brasileiros e brasileiras que têm manifestado diariamente seu repúdio ao presidente Jair Bolsonaro e exigido o fim de um governo que joga com a vida e a morte de seres humanos.”

Você pode ter acesso ao documento na íntegra clicando aqui