José Herculano da Silva, presente!

Em nome da Corrente O Trabalho do PT, seção brasileira da IV Internacional, expressamos nossa tristeza pelo falecimento de nosso camarada Zé Herculano. Recebemos a notícia pela nossa companheira Beth Gnecco que acompanhava, na medida do possível, notícias de Zé Herculano. Aos 90 anos nosso camarada faleceu dia 5 de setembro do ano passado após 10 dias de internação, em São Paulo, acometido pela COVID-19.

Zé Herculano começou a militar na Vila Maria em 1964, ano do golpe, ligado ao PCB. Técnico de Rádio e TV, nosso camarada militou na região por mais de 40 anos. Morador de São Miguel na Zona Leste, manteve sua relação política permanente no bairro onde tinha uma oficina de conserto de TV. Foi nessa oficina na Vila Maria alta onde, no começo dos anos 70, Zé Herculano escondeu diversas armas de fogo de seu companheiro Paulo Gnecco que nesse período estava diretamente ligado a Mariguela da ALN. Com a queda da ditadura acompanha a legalização do PCB e seu companheiro Paulo Gnecco na luta interna para manter uma linha de classe no partido. Acompanha posteriormente nos anos 90 o grupo de Gnecco em direção ao PT, onde toma contato com a Corrente O Trabalho, integrando suas fileiras. Desde então o camarada Zé Herculano segue militando na região, respeitado por todos, como um militante marxista que estava sempre a postos para as tarefas de organização.

Todos que conheceram Zé Herculano reconheciam nele um militante firme que, com seu jeito calmo e educado, era capaz de analisar a situação política para a construção da força política da classe. Mesmo com avançada idade se dedicou a novo conhecimento, cursando e exercendo a quiropraxia. Dedicado a seus amigos e camaradas, estava sempre disposto a contribuir e ajudar naquilo que estava a seu alcance. Durante todos esses anos aprendi com Zé Herculano a ter paciência, a ter a capacidade de ouvir nossos camaradas, a valorizar o valor de cada militante de base, a respeitar nossa larga história da classe trabalhadora.

Honra e glória para Zé Herculano! Sua memória está conosco para as lutas que virão!

Ollitta, 05 de abril de 2022.

Artigo anteriorMG: Kalil (PSD) governador de Lula?
Próximo artigoTrabalhadores da Toyota paralisam atividades contra fechamento da fábrica em São Bernardo