Guatemala: Congresso em chamas!

População incendiou o congresso enquanto tomava as ruas

Em 21 de novembro, começaram manifestações na capital e outras cidades da Guatemala, país da América Central em que mais da metade da população vive em condições de pobreza. Os gritos “fora todos” e a exigência de renúncia do presidente Giammattei Falla e de anulação do orçamento votado pelo Congresso para 2021 dominaram o cenário, com jovens invadindo a sede do Congresso, que ficou literalmente em chamas.

No dia 25, o Congresso suspendeu o decreto relativo ao orçamento (que diminuía inclusive os recursos para combater a Covid-19), mas os protestos de trabalhadores, indígenas e estudantes continuaram, com repressão violenta, feridos e detenções arbitrárias. No dia 28, ocorreu nova mobilização nacional para exigir a renúncia de Gianmattei e dos deputados, além do ministro responsável pela repressão policial.