Lula defende Constituinte para revogar medidas de Temer

Em entrevista concedida à Rádio Trianon neste dia 26 de setembro, Lula disse estar convencido da necessidade de uma constituinte para revogar as medidas de Temer e do congresso Golpista.

Respondendo à pergunta do jornalista Paulo Moreira Leite, enquanto condenava a emenda constitucional 95 que congela os gastos por 20 anos, Lula deu a seguinte declaração:

“Nenhum governo tem o direito de definir gastos ou limitar gastos por 20 anos. Cada governo que entrar deve ter autonomia para decidir. Não tem como melhorar a educação, melhorar a saúde, fazer mais escolas técnicas, fazer mais universidades se não tiver recursos. E você tem que levar em conta que pode ter o Estado como investidor, como aquele que vai alavancar, vai ajudar, var dar credibilidade. Eu tô convencido de que se a gente ganhar as eleições você tem que fazer a discussão sobre a necessidade de uma constituinte revogatória, para que a sociedade te dê autorização para você fazer as mudanças que precisa para que o país possa voltar a crescer”

Esse é realmente o caminho – eleger Lula presidente para convocar uma constituinte capaz de revogar as medidas de Temer e do congresso golpista e balcão de negócios, mas também passar a limpo as instituições que o povo não confia e abrir caminho para as reformas populares.