Austericídio e a fabricação de uma crise sanitária

Alberto Handfas, professor de Economia da Unifesp, fala sobre a medidas de austeridade em meio à pandemia do coronavírus.

Artigo anteriorEnfermeiros de Pernambuco exigem condições adequadas de trabalho
Próximo artigoPrévias do PT canceladas em São Paulo