Florianópolis: greve da Comcap termina e é exemplo de luta

Nesta segunda (1) os trabalhadores da COMCAP, autarquia de limpeza urbana em Florianópolis, encerraram uma greve que já durava 15 dias. Confira a nota do Sintrasem (sindicato da categoria) a respeito:

“GREVE TERMINA COM A LUTA SERVINDO DE EXEMPLO AOS TRABALHADORES DE TODO O PAÍS!

Os trabalhadores da Comcap encerraram hoje uma greve histórica com a certeza de que a luta vale a pena, mais uma vez servindo de exemplo à classe trabalhadora em todo o país.

Foram 15 dias de mobilização intensa, sob fortes ameaças individuais aos trabalhadores e também à nossa organização sindical. Levamos milhares às ruas mesmo debaixo de tempestade ou sol forte.

Mas nossa categoria é forte. Não caímos em armadilhas, não cedemos a ameaças e não nos desmobilizamos diante de ataques rasteiras da mídia submissa a Gean ou da violência da Justiça.

Nossa luta só começou. A PMF, que continuava negando até mesa de negociação, recuou após o gigantesco ato das familias neste domingo e recebeu a comissão dos trabalhadores ontem à noite.

Encerramos a greve em assembleia nesta segunda-feira com a garantia de que nenhum trabalhador sofrerá punições (incluindo temporários) ou descontos salariais, com direito a reposição fora do horário.

A portaria que cria uma comissão para abrir processos administrativos está sendo revogada.

Também saímos com a garantia de estabilidade até o último trabalhador se aposentar e a retirada da multa milionária ao Sintrasem, que não será mais aplicada.

Não derrubamos o projeto de Gean por inteiro. Mas é importante que saibamos sempre avaliar o cenário e preservar a categoria.

Pautamos a cidade e quebramos o discurso fajuto de que a terceirização melhoraria o serviço. As seis empresas privadas fazendo a coleta não chegaram aos pés do serviço que a Comcap faz. Mesmo a grande mídia já tem isso como fato.

Agora, precisaremos que cada trabalhador se mantenha atento e fortalecido, para que nosso movimento siga resistindo às investidas de Gean, que certamente não vão parar por aqui.

O acordo coletivo da Comcap segue em vigência. A lei que Gean aprovou está cheia de incoerências jurídicas. As mudanças que a prefeitura pretende vão gerar um passivo trabalhista incalculável.

Pois o Sintrasem vai enfrentar em todas as frentes essa monstruosidade que Gean aprovou – seja na justiça, na mídia ou no chão do pátio junto da categoria.

Mais uma vez, ressaltamos: não há vitória sem mobilização. Entramos juntos na greve e saímos juntos dela, de cabeça erguida, com a certeza de que só a nossa mobilização garantiu o apoio e o carinho da sociedade.

Não podemos achar que a Câmara de Vereadores, que tem servido cada vez mais a interesses ocultos de Gean, vá passar para o lado do trabalhador.

O que nos move é o trabalhador na rua, denunciando o projeto privatista de Gean e enfrentando o discurso manipulador da prefeitura, da mídia e da CDL.

Nós não somos criminosos. Somos milhares de trabalhadores, homens e mulheres sempre prontos para defender nossos direitos e a Comcap 100% pública!

Todos juntos até a vitória!
#Sintrasem

 

Artigo anteriorCarreatas “Fora Bolsonaro” voltam a esquentar as ruas do país
Próximo artigoMilitantes do DAP colhem assinaturas em apoio a PL para testagem em massa