Frentes “Brasil Popular” e “Povo Sem Medo” defendem fim do governo Bolsonaro em plataforma de emergência

As frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo lançaram nesta semana  “plataforma de emergência” que defende o fim do governo Bolsonaro. O documento é assinado por diversas centrais sindicais como CUT, Força Sindical, CTB, Intersindical, Conlutas e outras, além de partido políticos como o PT, PSOL, PCdoB e movimentos como MST, MTST e diversos outros.

De acordo com o manifesto que abre o documento

“(…)Governo Federal, ao não assumir medidas eficazes contra a crise, tornou-se a principal ameaça para a segurança e bem-estar da população brasileira. Ao contrário de liderar a nação no combate à pandemia, o presidente da República atua abertamente para sabotar medidas de proteção ao povo brasileiro, na contramão das medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Medidas simples como a quarentena, a universalização de testes da Covid-19, e a garantia de renda básica para trabalhadores e trabalhadoras que vêm sendo aplicadas na maioria dos países em todos os continentes.

É por isso que, além de propor alternativas, nos somamos às vozes de milhões de brasileiros e brasileiras que têm manifestado diariamente seu repúdio ao presidente Jair Bolsonaro e exigido o fim de um governo que joga com a vida e a morte de seres humanos.”

Você pode ter acesso ao documento na íntegra clicando aqui

 

Artigo anteriorTrabalhadores de Hospital em Minas Gerais denunciam equipamentos de proteção frágeis
Próximo artigoA armadilha das drogas