Servidores da EBSERH fazem ato no Ceará: “pelos direitos, pela vida, Fora Bolsonaro”

O Sintsef-CE, com apoio da Associação de Moradores do bairro Rodolfo Teófilo, do Diálogo e Ação Petista e do do Comitê Lula Livre do Rodolfo Teófilo, realizou em Fortaleza um ato em defesa da saúde, dos direitos do pessoal da EBSEHR e pelo fim do Governo Bolsonaro. O ato ocorreu na manhã deste dia 8 e ocorreu em frente ao Hospital Walter Cantídio.

Na pauta a luta pelos EPIs, pelo fornecimento de alimentação aos plantonistas (hoje obrigados a comprar quentinhas), contra a sobrecarga de trabalho, pelo direito de tempo livre para acompanhar filhos e familiares idosos a consultas e exames e em defesa do SUS. Os presentes lembraram que, desde a EC 95, quase 30% do orçamento da saúde foi perdido.

O tema da proteção aos profissionais ocupou parte importante do ato. O Brasil é vice-líder na morte de trabalhadores da saúde. Só no Hospital Walter Cantídio, 350 profissionais foram afastados, diagnosticados ou suspeitos de covid-19.

Como disse um manifestante, “na linha de frente, estamos perdendo a vida”.

Ceará 2
Militantes do DAP em apoio a manifestação
Artigo anterior“Estamos com raiva” diz sindicalista negra dos Estados Unidos
Próximo artigoDebate da Globonews demonstra que FHC é fica Bolsonaro