Ato denuncia repressão e apoia mobilização do povo colombiano em frente ao Consulado em SP

Cerca de 50 pessoas representando entidades responderam ao chamado das Centrais Sindicais e estiveram num protesto presencial na manhã desta quinta dia 6 de maio em frente ao Consulado da Colômbia na capital paulista.

Num quadro de unidade o protesto marcou a solidariedade das organizações com o povo colombiano que está na ruas em protesto contra o governo de Ivan Duque e que tem sofrido ataques armados da polícia já com dezenas de mortos.

Representantes das Centrais CGT, CUT, Força Sindical, CTB, Conlutas e Intersindical se revezaram no microfone denunciando a violência e também protestando contra o governo Bolsonaro.

Henrique Ollitta, do Diretório Estadual do PT fala durante o ato

O Deputado Glauber Braga falou em nome do PSOL e Henrique Ollitta, do Diretório Estadual de São Paulo falou em nome do PT. Outras organizações políticas e sindicais também se pronunciaram como o Sindicato dos Servidores Públicos Municiais de São Paulo representado por Vlamir Lima. Ainda ao final organizações de juventude também puderam se expressar como o companheiro Pupo da JPT de SP.

Um documento de protesto assinado pelas Centrais foi entregue em mãos ao representante do Consulado.

Artigo anteriorEm greve, professores de Florianópolis voltam a se manifestar e exigem negociação
Próximo artigoOperação que matou 25 pessoas no Jacarezinho beneficia a Milícia amiga de Bolsonaro