Comício de Lula com milhares na Cinelândia, no Rio, tem atentado à bomba de infiltrado

Cerca de 70 mil pessoas lotaram a cinelândia no Rio de Janeiro, no último dia 7 de julho em comício de Lula, que defendeu a recuperação da Petrobras e criticou a política de preços de combustíveis de Bolsonaro. Lula também defendeu a recriação do ministério da cultura e criticou a violência policial.

Durante o ato um infiltrado, que muitos apontaram como bolsonarista, lançou em direção ao palco uma bomba caseira contendo fezes e urina. O provocador tentou fugir, mas acabou detido no local.

Apesar de ninguém ter se ferido, é mais um episódio na escalada de violência estimulada pelo presidente Jair Bolsonaro sua política de ódio contra o PT e questionamento da urnas.

Artigo anteriorMenos de 90 dias…
Próximo artigoNota do PT sobre o assassinato de Marcelo Arruda