Não ao fechamento do ensino médio em Volta Redonda

JR do PT presente na audiência da Câmara Municipal de Volta Redonda

O prefeito de Volta Redonda (RJ) Neto (DEM) decidiu fechar as turmas de ensino médio da Fundação Educacional de Volta Redonda (FEVRE) alegando que não é responsabilidade do município e economizaria milhões de reais. O erro na legislação não justifica outro. E, a conta do prefeito não bate, pois o gasto no FEVRE é menos de um milhão com o ensino médio. Onde economizaria milhões? O núcleo da JR do PT na cidade exige a manutenção do ensino médio, pauta que levaram à audiência pública convocada pela Câmara para discutir o assunto. Keka, da JR, afirmou que “não aceitamos esse ataque! A secretária de educação veio na audiência pra falar que vai economizar para investir mais no ensino fundamental. Uma mentira! Volta Redonda não paga o piso do professor, não tem plano de cargo e carreiras, as salas sempre tiveram problemas nas estruturas, nunca se preocuparam com a educação de qualidade e, agora, querem acabar com ensino médio alegando preocupação com o fundamental? É mentiroso!

A JR vai continuar o combate contra essa proposta”.

Jeffei

Artigo anteriorObrigação da vacinação no serviço público e punições?
Próximo artigoReforma administrativa encontra resistência e patina