PT, CUT, sindicatos e movimentos realizam ato por Fora Bolsonaro em Juiz de Fora

Em Juiz de Fora, Minas Gerais, o diretório municipal do PT em conjunto com a CUT regional organizou uma manifestação com a presença de 40 dirigentes de diferentes organizações sindicais, populares e de juventude.

O ato foi organizado com distanciamento social, uso de EPIs e outras medidas de segurança.

Para Juanito Vieira, presidente do PT da cidade  “o objetivo da manifestação é mostrar o descontentamento do partido e dos movimentos sociais e sindicais com o que percebemos como uma tentativa real de atacar os direitos da classe trabalhadora em maio à pandemia. Estamos vendo a aprovação de diversas medidas que representam isso e o risco real da perda de postos de trabalhos e também de renda dos trabalhadores”.

Foto Kiko Halfeld
Foto Kiko Halfeld

Além de exigir Fora Bolsonaro, foram levantadas faixas em defesa do SUS, de empregos e direitos e da democracia. Uma nota dos movimentos também destacou os ataques do prefeito aos servidores públicos municipais, como escalonamento de salários e a intenção de aprovar uma reforma da previdência municipal.

Além do PT e da CUT participaram da manifestações representantes de diversas entidades como o Sindicato dos Professores de Juiz de Fora (Sinpro); Sindicato dos Trabalhadores em Empresa de Comunicação Postal, Telegráfica Similares de Juiz de Fora e Região (Sintect); Sindicato dos Bancários de Juiz de Fora (Sintraf); Sindicato dos Trabalhadores Têxteis de Juiz de Fora (Sintex); Sindicato dos Trabalhadores do Transporte de Juiz de Fora (Sinttro); Unidade Popular pelo Socialismo (UP); Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST); Frente Brasil Popular; Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB); Movimento Correnteza; Juventude Revolução do PT; e Coletivo Maria Maria.

Artigo anteriorProssegue a luta pela reabertura integral do hospital Sorocabana em São Paulo
Próximo artigoA greve geral no Uruguai é exemplo de organização