Trabalhadores da Limpeza urbana de Florianópolis decretam greve por tempo indeterminado

Trabalhadores votam pela greve

Os trabalhadores da COMCAP, autarquia responsável pela limpeza urbana e melhoramentos da cidade de Florianópolis decidiram, em assembleia nesta segunda (15), entrar em greve por tempo indeterminado.

Os trabalhadores exigem do governo o retorno do pagamento do 1/3 de férias e da parcela do décimo terceiro, o pagamento aos trabalhadores do Vale Alimentação, sem nenhum tipo de restrição, conforme o acordo coletivo além de outros direitos previstos no plano de carreira.

De acordo com Renê Munaro, presidente do SINTRASEM (Municipais de Florianopolis), que representa a categoria, “os trabalhadores esperam que a prefeitura negocie para que se resolva este impasse o mais rápido possível”.

trabalhadores na assembleia. Foto: Sintrasem
trabalhadores na assembleia. Foto: Sintrasem

Segundo Renê “não é possível que a categoria aceite direitos primordiais sendo retirados em plena pandemia, justamente uma categoria que em plena pandemia tem feito todo o esforço para manter a cidade limpa, com um trabalho de excelência todos os dias”.

O SINTRASEM denuncia ainda que enquanto o prefeito ataca os trabalhadores, ele mantém as benesses de cargos comissionados e quer cobrar jogar a conta nas costas dos trabalhadores.

A assembleia que tomou a decisão foi realizada com distanciamento, uso de máscaras e aferição de temperatura, procurando respeitar as medidas sanitárias para evitar o contágio da Covid-19.

Dirigente do sindicato confere temperatura dos trabalhadores. Foto: Sintrasem
Dirigente do sindicato confere temperatura dos trabalhadores. Foto: Sintrasem
Artigo anteriorAumenta violência policial
Próximo artigoChile: um panorama incerto